Rede Salesiana de Ação Social é co-organizadora do Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica

A Rede Salesiana de Ação Social – RESAS fez parte do comitê organizador do II Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica, realizado em Florianópolis entre os dias 28 e maio e 1º de junho. O evento, realizado pelo Fórum Mundial de Educação, Ministério da Educação e pelo Instituto Federal de Santa Catarina, visou incentivar propostas para integrar plataformas educacionais em todo o mundo.

Durante os cinco dias em que aconteceu o Fórum, mais de 26.700 pessoas passaram pelo Centro de Convenções de Florianópolis e puderam participar de atividades técno-científicas, mostras de inovação tecnológica, pôsteres e artes visuais, feiras de economia solidária e gastronomia, conferências, palestras, debates, observatórios e mais de 150 atrações culturais entre música, dança, teatro, poesia e audiovisual.

Na abertura do Fórum, após apresentar os projetos educacionais desenvolvidos no país, o Ministro da Educação, Aloisio Mercadante, ressaltou que “há uma urgência em estruturar a educação em todos os níveis, e a educação profissional e tecnológica é o caminho para aumentarmos a nossa competitividade e impulsionar os setores estratégicos de um futuro que começa a se desenhar”.

A Rede Salesiana de Ação Social, além de membro do comitê organizador, manteve um estande durante todo o Fórum, participou da mostra de pôsteres e foi relatora na conferência “Educação, Trabalho e Emancipação”, representada por Maria Aparecida Silva França e Geane Oliveira Romano.

“Destacou-se a pluralidade cultural, o protagonismo juvenil de diferentes instituições, a quantidade de voluntários, mostrando que nós, salesianos, estamos no caminho certo. Causou muito impacto a presença da RESAS no Fórum, as pessoas ficaram surpresas ao saber que as obras sociais salesianas desenvolvem tecnologia tão atual. Eles se sentiam interessados pelos nossos trabalhos e também acolhidos com o nosso carisma. Os ex-educandos tinham brilho nos olhos ao se deparar com o grupo de trabalho salesiano, com a figura de D. Bosco”, conta Geane.

Para o diretor da RESAS, P. Sérgio Augusto Baldín Junior, a participação dos Salesianos no Fórum foi importante porque “deu visibilidade para ação social salesiana no Brasil, levando em conta que a Rede Salesiana foi a única instituição confessional participante do Fórum com presença efetiva no comitê organizador”. Outro aspecto importante foi a participação dos representantes das obras salesianas de São Paulo e do Nordeste na diversas conferências, debates e atividades autogestionadas, ampliando a formação continuada dos participantes e possibilitando a descoberta de novas experiências e tecnologias para a educação profissional”, destaca

Na solenidade final do Fórum, os participantes homenagearam a Dra. Zilda Arns, fundadora da Pastoral da Criança, aprovaram uma moção de apoio à Comissão da Verdade e a Carta de Florianópolis do II Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica, com 11 princípios para a garantia da educação profissional e tecnológica voltada a trabalhadores e trabalhadoras, jovens e adultos, na forma de políticas públicas.

Fonte: Anderson Bueno - Inspetoria Salesiana de São Paulo

QUALIFIQUE-SE!

Faça gratuitamente um curso profissionalizante na Dom Bosco.

 

Cursos...

 

Parceiros:

Obra Social Dom Bosco precisa da sua ajuda.

Conheça abaixo empresas que tornam, cada vez melhor, o trabalho que realizamos:

 

Mais parceiros...